O que você precisa saber antes de construir em madeira

Por apresentar vantagens como durabilidade, economia de energia e conforto térmico, a madeira é cada vez mais utilizada nas construções contemporâneas.

Com o desmatamento das florestas brasileiras, é preciso adquirir o material de forma consciente. Escolha madeiras com selos de certificação (como o FSC) e escolha as espécies ideais para cada parte da construção. Isso contribuirá para maior durabilidade do material e menor impacto ambiental.

Madeira certificada e madeira legal NÃO são a mesma coisa. Fique atento!

A madeira legalizada é aquela extraída dentro da exigências legais do país, podendo atender à legislação de exploração.

Já a madeira certificada, além de seguir as exigências legais, considera outros aspectos ambientais, sociais e econômicos na atividade de exploração. Ou seja, toda madeira certificada é legal mas nem toda madeira legal tem selo de certificação.

Qual espécie utilizar?

Na estrutura da casa, opte por madeiras de alta densidade. Espécies nativas como o cumaru, o jatobá, pequiá, o roxinho e o itaúba tem alta densidade e resistem bem ao ataque de fungos e cupins.

Entre as madeiras reflorestadas, o eucalipto e o pínus são as espécies mais populares e muitas vezes são vendidas em formato roliço. Apesar de consideradas mais sustentáveis, essas árvores não dispõem de alta resistência natural e exigem tratamento químico. Uma vantagem também do eucalipto e do pinus é o custo mais baixo.

Cuidados

Uma vantagem de usar a madeira na estrutura é a limpeza na obra e a leveza das peças, que resulta em fundações mais simples. Em construções enterradas e subsolos, esse tipo de material deve ser evitado. A madeira tem grande sensibilidade à umidade e quando em contato com a água funciona como uma “esponja”, se dilatando constantemente.

Quem planeja construir a casa em madeira precisa realizar um tratamento químico no solo ao redor da moradia para evitar o cupim. Além desse cuidado, vale apostar em impermeabilizantes.

Toda a madeira exposta deve ser protegida com verniz ou stain. A diferença entre eles é que o primeiro forma camadas na superfície da madeira, já o stain penetra na madeira sem formar película.

Referência: www.bimbon.com.br

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • CrieAtive Arqdesign Facebook
  • CrieAtive Arqdesign Instagram
  • CrieAtive Arqdesign LinkedIn
  • CrieAtive Arqdesign Pinterest