Quarto Infantil Montessoriano (Lindo, lúdico e encantador) - Como Fazer

O método montessoriano criado pela médica e educadora italiana Maria Montessori “É um modelo educacional caracterizado pela ênfase na independência, liberdade com limites e respeito pelo desenvolvimento natural das habilidades físicas, sociais e psicológicas da criança.”

"Para Montessori o quarto dos pequenos deve ser estruturado de acordo com a ótica da criança e não do adulto, de forma que ela circule livremente explorando as coisas que estão ao seu alcance. O ambiente deve ser pensado de forma minimalista e funcional, composto de poucos móveis proporcionando harmonia, aconchego, tranquilidade e principalmente segurança. Diferente do quarto tradicional, o berço e as grades são substituídos por colchões no chão ou futons. Os tapetes e almofadas compõem o quarto, juntamente com prateleiras, mesinhas e cadeiras baixas e, espelhos e brinquedos organizados na altura da criança – Tudo pensado com carinho para que o quarto não seja apenas um cômodo para dormir, mas principalmente para se tornar o ambiente que ele mais goste na casa e que se identifique (desde as cores aos brinquedos ao alcance). Ao invés de um quarto inacessível e apertado, que seja um espaço rico para a exploração e as descobertas dos filhos."

DICAS PARA MONTAR UM QUARTO MONTESSORIANO:

1. Cama

O berço é substituído pelo colchão ou futons no chão para não limitar o espaço exploratório da criança. Para os bebês, recomenda-se utilizar alguns travesseiros ou almofadas ao redor da cama para evitar quedas durante a noite.

2. Espelhos de acrílico

Ajuda a criança a se conhecer, compreender os limites do seu corpo e se sentir mais segura. É essencial que o espelho esteja bem preso na parede para a segurança da criança - opte pelo espelho acrílico ao invés do vidro. Para os bebês que estão aprendendo a engatinhar, o espelho deve ser instalado na horizontal, ao lado da cama. Quando o bebê já estiver andando, deve ficar na vertical.

3. Barra

Uma barra (ou um varão de cortina) deve ser fixada na parede para auxiliar o bebê a ficar de pé e andar.

4. Tapete

O tapete delimita o espaço para as atividades para as crianças maiores e proporciona experiência sensorial para os bebês – ao crescer a criança começa a compreender que o tapete é o local onde são espalhados os brinquedos.

Uma opção bastante utilizada é o tatame emborrachado (aqueles vendidos em blocos grandes indicados para academias e estúdios de pilates) porque são atóxicos, laváveis e possuem uma espessura ótima para absorver os impactos.

5. Estante de brinquedos

Os brinquedos devem ser dispostos em estantes baixas, cestos ou caixas acessíveis à criança para que possa encontrar seus brinquedos e objetos favoritos – ponto este que incentiva a autonomia infantil e o senso de organização dos pertences.

O sistema de rodízio dos brinquedos é essencial (trocar a cada 15 dias) para que a criança possa explorar cada objeto, desenvolver a concentração e não gerar monotonia.

6. Decoração

De preferência uma decoração minimalista. Pintado e decorado com cores suaves (sem exageros porque o quarto não é uma brinquedoteca) utilizando poucos móveis. Quadros e gravuras devem ser fixados altura do campo de visão do bebê.

ESQUEMA DO QUARTO INFANTIL MONTESSORIANO:

Com criatividade é possível fazer um lindo quarto montessoriano infantil.

Referências: https://maternarebrincar.wordpress.com/2014/09/24/como-criar-um-quarto-montessoriano/

https://larmontessori.com/

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • CrieAtive Arqdesign Facebook
  • CrieAtive Arqdesign Instagram
  • CrieAtive Arqdesign LinkedIn
  • CrieAtive Arqdesign Pinterest